A partira da versão 3.0 a linguagem C# introduziu as propriedades automáticas. Uma propriedade é constituída basicamente de variável privada, que é exposta ao mundo exterior através de getters e setters. O exemplo a seguir mostra isso:

    public class Pessoa
{
private string _nome;
public string Nome
{
get { return _nome; }
set { _nome = value; }
}
private string _email;
public string Email
{
get { return _email; }
set { _email = value; }
}
}

Usando as propriedades automáticas podemos reduzir o código acima para:

    public class Pessoa
{
public string Nome { get; set; }
public string Email { get; set; }
}

O compilador C # gera automaticamente uma variável de apoio e as propriedades corretas get e set.

E daí ??

E daí que definindo a variável como uma propriedade vai permitir a você adicionar a lógica de validação para sua classe, numa fase posterior. Como assinatura na memória da classe não vai mudar o que significa que quaisquer bibliotecas externas compiladas com o seu código não terão que ser recompiladas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Navigation