Foi apresentada pela Microsoft a mais nova versão da sua IDE de desenvolvimento, o Visual Studio 2017. Já faz 20 anos desde sua estréia e a nova versão promete ser mais limpa, mais rápida na instalação e sempre de olho na performance e produtividade dos desenvolvedores.

De acordo com a Microsoft, velocidade é o destaque do VS2017, segue abaixo os principais pontos apresentados, vale a pena instalar para conhecer.

  • Promete focar em 3 principais áreas: mobile, cloud, devops.
  • O instalador é rápido e permite instalar apenas o estritamente necessário para sua necessidade, cerca de 3 minutos no melhor caso.
  • O carregamento da ferramenta também se mostrou muito rápido. Agora é possível abrir diretamente diretórios como se fosse um projeto, semelhante ao Visual Studio Code, isto é interessante em casos de bases de código que não foram inicialmente criadas com o Visual Studio.
  • Na parte mobile, a integração com Xamarin foi aprimorada, com um preview para Xamarin Forms e um melhor IntelliSense para Xamarin Forms XAML. O Gravador de Teste do Xamarin, junto com o Xamarin Test Cloud, permite testar milhares de dispositivos físicos de dentro do IDE.
  • Os serviços em nuvem, e especialmente a integração com Azure, continuam sendo foco de desenvolvimento para a Microsoft. O Visual Studio 2017 sincroniza o Visual Studio com o .NET Core, suportando as versões 1.0 e 1.1 do ambiente de runtime.NET da Microsoft (um pouco) reduzido, multiplataforma e open-source. As aplicações .NET Core podem ser executadas e implementadas no Linux e MacOS, bem como no Windows. Ambos os aplicativos .NET e .NET Core podem ser “empacotados” para implantação usando Docker. Este suporte se estende ao Azure: criando um aplicativo, criar um container e, em seguida, implantá-lo no Azure é uma questão de alguns cliques do mouse.
  • Para devops, a integração do Git é melhorada. Mais funcionalidade do Git é exposta diretamente no ambiente de desenvolvimento e o Visual Studio agora usa o executável do Git, em vez do libgit2 do GitHub. Isso significa que o Visual Studio pode acompanhar melhor os recursos do Git para o futuro, e também pega alguns recursos mais antigos, principalmente SSH, que normalmente são aceitos pelos usuários do Git.
  • Uma nova visualização do Visual Studio para Mac adiciona suporte para .NET Core, correções de bugs e melhorias de desempenho. Há também uma atualização para a preview do Visual Studio Mobile Center, que adiciona suporte para a construção, testes e distribuição de aplicativos Xamarin e React Native, em adição ao suporte existente para Objective-C, Java e Swift.
  • Visual Studio Team Foundation Server 2017 está recebendo Update 1, que, entre outras coisas, adicionar suporte para pacotes npm.

Como foi o caso com a última versão do Visual Studio, uma versão Community gratuita está disponível, bem como versões Enterprise e Professional para avaliação. A versão para Mac traz uma nova preview com uma série de correções de bugs e melhorias de desempenho à medida que avança em direção a uma versão adequada.

Escolha apenas os componentes necessários para seus projetos

Tela de abertura do Visual Studio 2017 instalado

Ame ou odeie, a Microsoft tem trazidos uma série de novidades interessantes para quem já era fã e para aqueles que achavam que a Microsoft nunca iria abraçar outras comunidades, performance é a bola da vez mas o que mais me impressiona é o trabalho que vem sendo feito para transformar esta fantástica IDE em uma das mais poderosas, respeitadas e flexíveis ferramentas para desenvolvedores do mercado.

Conheça mais e baixe seu Visual Studio 2017 aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Post Navigation